Uma análise sobre o crescimento da cidade de Salvador (BA) e os reflexos na segregação socioespacial

Main Article Content

Leonardo Silvério G. de Santana, Márcia Maria Couto Mello, Marília Moreira Cavalcante, Ana Licks Almeida Silva

Resumo


As barreiras sociais, as conformações dos bairros e as disparidades atuais são reflexos de um conturbado processo histórico, social, econômico e político, que, quando atrelados à acelerada urbanização das últimas décadas, à falta de planejamento e às fortes especulações imobiliárias, fomentam a produção e reprodução das desigualdades intraurbanas, as quais impactam diretamente sobre as condições de vida, moradia e vulnerabilidade. Este artigo objetiva discutir acerca do crescimento e das transformações urbanas, destacando os aspectos do planejamento e da segregação socioespacial, caraterística intrínseca ao processo de ocupação e desenvolvimento da cidade de Salvador, capital do estado da Bahia e terceira maior metrópole brasileira.


Abstract 


Social barriers, neighborhood conformations and current disparities are a reflection of a troubled historical, social, economic and political process that, when coupled with the rapid urbanization of recent decades, lack of planning and strong real estate speculation, foster production and reproduction of intra-urban inequalities, which directly impact on living conditions, housing and vulnerability. This article aims to discuss about urban growth and transformations highlighting the aspects of planning and socio-spatial segregation, characteristic intrinsic to the process of occupation and development of the city of Salvador, capital of the state of Bahia and third largest Brazilian metropolis.

Palavras-chave

Salvador
Planejamento
Segregação socioespacial
Desigualdades

Article Details