Cidade formal x cidade informal: Uma análise da ocupação urbana no bairro do Lobato

Main Article Content

Suzana Gomes Cruz, Túlio Martins Caldas Prado, Márcia Maria Couto Mello, Ana Licks Almeida Silva

Resumo


Este artigo tem como objetivo compreender a aplicação da legislação de planejamento urbano versus a dinâmica da cidade informal, sobretudo no bairro do Lobato, no Subúrbio Ferroviário, na cidade do Salvador. Para isso foi realizada uma análise comparativa sobre a cidade formal, regida através da lei municipal nº 9.069/2016, referente ao Plano Diretor de Salvador, e a cidade informal a partir da leitura de dados primários realizados no bairro. A partir daí, foi possível verificar que o bairro suscita urgentemente a construção de uma série de medidas e ações de modo a reverter um potencial problema numa oportunidade de desenvolvimento local, visto que o Plano Diretor tem pouca efetividade para a mudança e a melhoria desse cenário sob a ótica da implementação.


Abstract


This article aims to understand the application of urban planning legislation versus the dynamics of the informal city, especially in the Lobato neighborhood, in the Railway Suburb in the city of Salvador. For this, a comparative analysis was carried out on the formal city, promulgated through municipal law no. 9,069/2016 referring to the Master Plan of Salvador, and the informal city by reading from primary data carried out in the neighborhood. From there, it was possible to verify that the neighborhood urgently raises the construction of a series of measures and actions in order to take advantage of reversing a potential problem in an opportunity for local development, since the Master Plan has little effectiveness for the change and improvement of this scenario from the perspective of implementation.

Palavras-chave

Ocupação urbana
Cidade Formal
Cidade Informal
Plano Diretor

Article Details