Economia Baiana: entre a recuperação e as incertezas

Autores

  • Carla do Nascimento SEI
  • Elissandra Britto
  • Pedro M. de Santana

Palavras-chave:

Macroeconomia, Economia baiana, Indicadores econômicos

Resumo

Resumo
A taxa de crescimento de 3,9% do Produto Interno Bruto (PIB) baiano do acumulado do ano até setembro em relação ao mesmo período do ano anterior foi impulsionado pelas atividades da agricultura, do comércio varejista ampliado e do setor de serviços, apesar da queda na produção da indústria. A recuperação econômica do período foi viabilizada pela implementação da vacinação e pela flexibilização das medidas restritivas de circulação. Apesar da melhora na crise sanitária, ainda há bastante incerteza sobre a manutenção do ritmo de crescimento em 2022 em razão, entre outros fatores, do risco de disseminação de novas variantes do vírus Sars-Cov-2; das elevadas taxas de desemprego; da escassez de insumos, que se reflete na alta taxa de inflação, e do aumento da taxa básica de juros.

Abstract
The 3.9% growth rate in Bahia's gross domestic product (GDP) for the year to September, compared to the same period of the previous year, was driven by activities in agriculture, expanded retail trade and the service sector, despite the drop in industry output. The economic recovery of the period was made possible by the implementation of vaccination and the relaxation of restrictive measures for circulation. Despite the improvement in the health crisis, there are still many uncertainties about maintaining the pace of growth in 2022, due, among other factors, to the risk of dissemination of new variants of the Sars-Cov-2 virus  ; high unemployment rates; the scarcity of inputs, which are reflected in the high rate of inflation; and the increase in the basic interest rate.

Downloads

Publicado

2022-02-24

Como Citar

do Nascimento, C., Britto, E., & de Santana, P. M. (2022). Economia Baiana: entre a recuperação e as incertezas. Conjuntura & Planejamento, (201), 7–31. Recuperado de https://publicacoes.sei.ba.gov.br/index.php/conjunturaeplanejamento/article/view/371

Edição

Seção

Economia em Destaque