Mudanças climáticas e a preservação do meio ambiente

Autores

  • Asher Kiperstok SEI

Resumo

Na entrevista concedida a revista Conjuntura & Planejamento Asher Kiperstok, engenheiro Civil, professor e pesquisador do CNPq levanta questões de extrema relevância para a preservação do meio ambiente, como os efeitos da mudança climática se somarem às atrocidades que cometemos com a natureza. Ou ainda, não devermos atribuir à mudança do clima todos os efeitos que resultam de uma gestão irresponsável dos recursos naturais. Para Kiperstok, o fenômeno da mudança climática que afeta o planeta precisa ser enfrentado com ações integradas de forma a amenizar os seus impactos como, por exemplo, criar as condições para reduzir o ritmo de emissões não apenas de carbono para atmosfera como as de nitrogênio reativo, além de reduzir nossa ação deletéria sobre os ecossistemas que afetam profundamente as funções ecossistêmicas. Para ele, a única energia verdadeiramente limpa é a energia não consumida, assim o primeiro passo é reduzir o desperdício. “Considerar que a preocupação ambiental representa em entrave para o desenvolvimento econômico e social é reforçar o atraso.” E que “o enfrentamento da crise da sustentabilidade exige atitudes tecnológicas e comportamentais muito mais radicais das que estão sendo praticadas.” Sendo assim, não existem medidas e ações que estejam sendo praticadas capazes de reverter o avanço da alteração do clima.

Downloads

Publicado

2022-02-24

Como Citar

Kiperstok, A. (2022). Mudanças climáticas e a preservação do meio ambiente. Conjuntura & Planejamento, (201), 33–41. Recuperado de https://publicacoes.sei.ba.gov.br/index.php/conjunturaeplanejamento/article/view/372

Edição

Seção

Entrevista